11 de nov de 2008

As verdades elementares do Evangelho


. . Nestes dias sinto-me compelido a revisar novamente as verdades elementares do Evangelho. Em tempos de paz nós podemos nos sentir livres para fazer passeios em distritos interessantes da verdade, que ficam em lugares longínquos, mas agora temos que ficar em casa, e guardar os corações e os templos da igreja, defendendo os primeiros princípios da fé. Nesta era, têm surgido dentro da igreja homens que falam coisas perversas. Há muitos que nos perturbam com suas filosofias e “interpretações de romance”, pela quais eles negam as doutrinas que professam ensinarem, e minam a fé que prometeram guardar. É bem que alguns de nós, que sabemos o que cremos e que não temos nenhum significado secreto em nossas palavras, devamos apenas firmar nossos pés e manter nossa posição, segurando firmemente a Palavra de vida, e declarando nitidamente as verdades do Evangelho de Jesus Cristo.

- C. H. Spurgeon
(traduzido por Vinícius M. Pimentel)

6 | COMENTE AQUI:

Ednaldo disse...

Vini, a Paz do Senhor.

Spurgeon escreveu isso ontem?? Porque está tão atual quanto a 150 anos. Infelizmente.

Em Cristo,

Ednaldo.

cincosolas disse...

Vini e Ednaldo,

Imagino o que ele diria hoje.

Lembro que num de seus sermões Spurgeon fala de Lutero, que traze-lo para os dias dele (do Spurgeon) seria como soltar uma fera.

Já pensaram o Lutero soltando o verbo nessa geração?

Em Cristo,

Clóvis

Ednaldo disse...

Lutero ficaria chateado por ter de escrever não 95 mas 950 teses.

(-V-) disse...

rsrs
Confesso que ri.

Mas eu creio que Deus levantará e já está levantando "Luteros". E quando falo isso eu não rio, mas temo e tremo. Porque grande será a obra de nosso Senhor.

Diego disse...

Vini,

Queria saber 2 coisas.
1°: De onde você é?
2°: Você aceitaria um convite pra vir trazer uma palavra em minha igreja num culto de jovens?
(Somos de Indaiatuba/SP)

Abraço!

Lion of Zion disse...

Realmente um dos meus pregadores preferidos e um dos poucos que conseguem transmitir mensagens para todos os tempos e situações.

Postar um comentário

Muito obrigado pela leitura e pelo comentário,

"Todo aquele que ler estas explanações, quando tiver certeza do que afirmo, caminhe lado a lado comigo; quando duvidar como eu, investigue comigo; quando reconhecer que foi seu o erro, venha ter comigo; se o erro for meu, chame minha atenção. Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho da caridade em direção àquele de quem está dito: Buscai sempre a Sua face."
Agostinho de Hipona


Voltemos juntos ao Evangelho,
Vini